Pular para o conteúdo principal

De volta a trend de óculos de sol dos anos 1990


Sarah Jessica Parker é demais como a Carrie

Armações arredondadas e lentes espelhadas são as apostas para o Verão 2017. É a moda dos anos 1990 de volta! Entre as maiores tendências da década, estão os óculos de sol com lentes espelhadas, estilo Carrie Bradshaw, da série Sex and the City, que eu amo! (Nota: para quem também adora, estão preparando o terceiro filme da série, em breve por aí e, espero, por aqui também!)

É bom lembrar que o uso dos óculos de sol vai além da estética e da moda. É uma questão de saúde. 




Os efeitos dos raios solares sobre a visão podem ser perigosos e, embora a maioria das pessoas tenha um par de óculos para isso, é preciso prestar atenção se são adequados para proteger da melhor forma. Os bons óculos de sol precisam ter filtros ultravioleta, para eliminar as radiações nocivas que podem causar doenças oculares. 


A Colcci Eyewear apostou nas trends para criar sua coleção do próximo Verão. Inspirada na androgenia, a coleção Pink Futuretraz modelos unissex, apresentando peças repaginadas das tendências de forma inovadora e ousada, ideais para curtir as férias de maneira estilosa.

A marca é uma das produções da JR Adamver, moderna indústria especializada no desenvolvimento, fabricação e comercialização de óculos, fundada em Santa Catarina, nos idos de 1997. Possui um dos principais laboratórios de pesquisa e desenvolvimento da América Latina, atendendo às mais rigorosas normas de qualidade e, ao longo destes anos, produziu milhões de óculos utilizados por pessoas nos cinco continentes.

Os modelos podem ser encontrados no e-commerce da marca Colcci Óculos de Sol. Observe como o modelo se adapta ao seu tipo de rosto (os arredondados costumam ficar bons para a maioria e em pessoas de todas as idades). 



Eu adoro e usei muito na década de 1990 e 2000. Depois, troquei pelos óculos gigantes, mas ambos ficam muito bem em mim.

Conferiu um pouco da tendência nas fotos? Bora usar!

Beijão... e bom Verão!

Dani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alunos do Senac apresentam peça inspirada em obra de Nelson Rodrigues

Uma boa dica de diversão e cultura para dar start no final de semana, é o espetáculo "Devaneios sobre um Vestido de Noiva", que será apresentado nos dias 19 e 20 de outubro, às 20 horas, no Teatro do Sesi, em Piracicaba, pelos alunos do curso técnico de Teatro do Senac. A peça é inspirada livremente em "Vestido de Noiva", obra do escritor e dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues. As apresentações são gratuitas e os ingressos podem ser retirados com uma hora de antecedência no local.
Considerado pela crítica especializada como um divisor de águas na modernização do teatro brasileiro, Nelson Rodrigues fornece obras com amplas possibilidades de releituras e abordagens. 
Embebecida no expressionismo, movimento artístico e literário que surgiu na Alemanha no fim do século 19, a peça emociona sem a preocupação com o padrão de beleza tradicional. Partindo desse ponto, os alunos da 9ª turma optaram pelo universo rodrigueano dentro do projeto do módulo de montagem teatral, qu…

Ação social incentiva pessoas a somar nas diferenças

Neste sábado (22), das 15h às 18h, o Casarão do Turismo de Piracicaba, na Rua do Porto, se transformará num espaço de amor, tolerância, conhecimento, troca de experiências e bem-estar. É o 1º Evento de Férias: Somando Diferenças, com a finalidade de ajudar a transformar o olhar da sociedade em relação às deficiências e desmistificar o conceito de diferença entre as pessoas. 
O evento é gratuito e aberto a todos, uma grande oportunidade para vivenciarmos essa integração e participarmos da programação, voltada a crianças e adultos, como música, intervenções artísticas, atividades corporais, apresentação teatral, roda de histórias, artesanato e brincadeiras.
A organização tem a participação da assistente social Lucy Mazeto e de Euclidia Fioravante, diretora do Espaço Pipa, que atende crianças com síndrome de Down e suas famílias e de onde partiu a parceria, além das psicólogas Jenifer Crescêncio e Mariana Ricci Sahuquillo, que por graça divina é minha filha.
A iniciativa surgiu do desejo de…

Playlist para se despedir de Belchior

Morreu o Belchior - e podem me chamar de brega, mas meu coração doeu. Minha filha estava em casa quando o Raphael, sabendo o quanto sou fã, me deu a notícia ouvida pela TV, falando de mansinho. A Mariana, aos 24 anos, disse não se lembrar dele, até que eu cantasse trechos de quatro ou cinco músicas, entre elas Como Nossos Pais, eternizada pela Elis, para ela identificar e lamentar.
Eu tinha a idade de minha filha quando o conheci pessoalmente, em um show na Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), onde eu estudava Jornalismo. Me lembro de ficar impressionada com o tamanho daquele homem e de sua cabeça, com seu sotaque fortemente nordestino, que ficava charmosíssimo no francês ou no inglês. Bom papo, educado e inteligente, um homem no mínimo interessante, que se portava, naquele ambiente universitário, mais como professor do que como artista. Conversamos muito e ele, como excelente compositor, me deu uma caixa com gravações de suas canções por diversos cantores desconhecidos, em …